Antes de iniciar esse manuscrito gostaria de me apresentar. Meu nome é Henry Faustino.  Sou analista sênior no Departamento de Administração de Crises uma das grandes nações da Terra. Ocupando essa posição, portanto tenho acesso a muitas informações secretas e privilegiadas, as quais algumas dessas pretendo revelar nesse documento. Para qual país eu trabalho não […]

 
Ler mais →

Link do capítulo anterior – pulpstories.com.br/…taques/gloria-morta-4 V Carlos estava indo para casa, quando o guarda o deteve. A prisioneira escapara. Ele simplesmente não sabia dizer como. Ela estava numa sala com uma única porta e ele próprio diante da porta. -Acho que alguém me acertou porque, no meio do caminho eu… me perdi… eu fiquei como […]

 
Ler mais →