O jovem guerreiro buscou a Bruxa da Floresta. Era sábia e muitos tinham medo dela. Mas ele estava determinado. Ao encontrá-la, disse: – Senhora, sei que és sábia e poderosa, e conheces muitos feitiços. Tenho inimigos que são homens maus. E preciso de poder para derrota-los. A senhora me ensinaria? A Bruxa sentiu que havia […]

 
Ler mais →

Link dos capítulos já postados – pulpstories.com.br/category/sombra-negra  CAPITULO DOZE – Sombra! Nosso papo está muito bom com todo esse negócio de caixa do apocalipse, mas meu tempo está acabando. Preciso voltar. Recarregar as baterias. Você sabe bem Sombra, se eu ficar muito tempo, não consigo voltar mais. – Falou Geisebel se empanturrando de salsichas. – Tranquilo […]

 
Ler mais →

Link de todos os capítulos já postados – pulpstories.com.br/category/sombra-negra CAPITULO ONZE – Calma ai velhote! Não vim roubar nada não! Ao contrário, se não fosse por mim e aquele anjo bolo fofo ali, você estaria na terra dos pés juntos. Falei para velhote apontando para Geisebel que havia conjurado uma bela refeição na mesa do rancho. […]

 
Ler mais →

Link de todos os capítulos já postados – pulpstories.com.br/category/marvin CAPITULO DEZESSEIS Antes mesmo que pudesse tomar alguma ação, Rose e Napoleão já tinham dominado a situação. Nada mal para novatos pensei comigo mesmo. Napoleão me ajudou a levantar. Quando me recobrei totalmente, Rose já estava com o pé no pescoço do careca e apontando a sua […]

 
Ler mais →

Link de todos os capítulos postados – pulpstories.com.br/category/marvin CAPITULO QUINZE Eu e Napoleão corremos em direção a porta. Rose havia conseguido tirar os dois brucutus do nosso campo de visão. Embora tivesse preparado, não fazia a mínima ideia do que fazer quando entrássemos no bar dos traficantes. – No três Napoleão, entramos. – Certo Marvin. – […]

 
Ler mais →

A inóspita senhorita abriu a porta e permaneceu muda A morte se passou por mim, ou ao contrário Terceira porta esquerda no corredor sem luz…   ‘’Você veio…’’ ‘’É’’ ‘’Eu vou morrer’’ ‘’Eu sei.’’ ‘’Por que você veio?’’ ‘’Pra te ver.’’ ‘’Que diferença isso faz?’’ ‘’Não sei.’’ ‘’Eu nunca te amei.’’ ‘’Eu sei.’’ ‘’Então por […]

 
Ler mais →