Um velho holandês, que carregava um tronco, nos ombros, certa vez me disse:

‘’Filho, nunca fique sem meio litro de uísque e uma carteira de cigarros. ’’

Na época não entendia o porquê

Agora me deparo comigo mesmo, sentado no meio da sala

Sozinho

Olhando o sol entrar pela janela, pensando no passado

Tentando relembrar tempos em que me sentia menos infeliz,

Nada veio a minha mente, nunca vem

É fácil esquecer a felicidade…

O sol, entra cada vez mais discreto, a luz se move pelo chão

Desenha através dos aros enigmáticos da janela,

Vejo lobos, vejo quadrados, vejo luas, vejo o nada,

Me concentro naquilo, admiro a luz, até ela se esvair do dia…

Meio litro de uísque e uma carteira de cigarro é só o que eu tenho,

Tento ser positivo, ver o lado bom, que hoje é

Ter algo para se beber, que não seja a melancolia

Da primeira hora escura,

do dia.