– Olá tudo bem?

– Tudo e você?

– Tudo certo…O que nessa de domingo?

– Estou assistindo um filme. E você?

– Estou pensando em você…

– Nossa! É verdade?

– Claro…Penso sempre.

– Nunca imaginei isso…

– Eu sempre imagino.

– Não sei o que te dizer.

– Eu, faz tempo que quero te falar…Posso?

– Ai meu Deus! Estou com medo.

– Eu também.

– Vai ter que falar rápido. Minha bateria está acabando.

– Quanto tem de bateria ainda?

– Cinco por cento

– Só isso? Não vai dar…

– Vai sim…Fala

– Muito pouco, para o que quero te dizer

– Três por cento agora. Fala…

– Queria que tivéssemos bateria infinita…

– Está terminando. Dois por cento…

– Quero ter bateria infinita e te amo…

 

Texto de: Mauricio Prestes – facebook.com/profile.php

CURTA NOSSA PÁGINA – facebook.com/pulpstoriesbr