– E aí, gurizada, já viram ET?

– Iiiiihh… o véio tá doidão…

– Não.

– E comunista?

– Acho que vi um disco voador pra lá.

– Prendo ele, chefe?

– Não, imbecil. Ele é o mais esperto de todos. É um bom garoto.

– Como você sabe?

– O único que conversou com a gente sem estar chapado. Vamos.

– Pra onde eles foram?

– Atrás do disco voador deles.

– E já foi?

– Já, já foi embora. Toca essa merda de violão que eu vou me afastar dessa fumaça.

– As estrelas… os ets com olhos negros e mais inteligentes que nós… – Pra ver estrelas no meio dessa erva toda, tem que estar muito drogado, bando de hippie imundo. Quer saber? Vou voltar a estudar. Tchau.

– Caretão…

– Eu acho que eu vi um Et…

– Eu… tô com frio…

Texto de: L.A. Hasse
Curta a Pulp Stories!