Eu chego em casa, vazio e sem objetivos, como todos os dias desde que, me conheço.
São 4:07 da manhã. Pode ser que hoje tenha sido um dia normal pra você, mas não pra mim, hoje eu coloquei um final em um futuro, hoje eu aprendi que não sou o único, aprendi sobre a vida, e sobre a morte.
Se uma mulher te olha não quer dizer que ela te queira, descobri mentiras na “verdade”, e que minha família não existe no meu sangue, apenas na minha vida, do meu lado dizendo “ E aí viado! Beleza?”

Essa é apenas uma vida, e é só ela que você tem, não existe religião, não existe raça, apenas aceita que essa é sua vida e você tem que melhorar.

 

Poema de: João Martins – facebook.com/profile.php

CURTA NOSSA PÁGINA 🙂  – facebook.com/pulpstoriesbr