Clique na imagem para ler com mais clareza!

Poema de: Mauricio Prestes

Curta a Pulp Stories!