Link do capítulo anterior – pulpstories.com.br/…/vermelho-sangue-branco-morte-3 CAPITULO IV – FIM O coração do rapaz já antecipava o gozo. Abriu a porta, deslizou pelo corredor escuro de entrada de funcionários. Usou o celular – que fica no mesmo bolso que o canivete de pressão – pra iluminar o caminho. Viu uma porta maior e entrou por ela. […]

 
Ler mais →

Link do capítulo anterior – pulpstories.com.br/…/vermelho-sangue-branco-morte-2 CAPITULO III Droga de noite! Ninguém conhecido, ninguém interessante. A caminhada fora longa. Também… que esperar duma quarta-feira? E o pior, como às vezes acontece na primavera, esfriara de repente. E ela estava enfurnada no casaco, com o capuz sobre a cabeça. A mãe tinha razão. Subitamente, lhe ocorreu […]

 
Ler mais →

Link do capítulo anterior – pulpstories.com.br/…/vermelho-sangue-branco-morte CAPITULO II   A mãe estava na sala, sentada diante da mesa, CD tocando uma MPB romântica, calma e alegre. Uma mulher madura – mas ainda muito bonita. Mais séria e altiva que a filha, menos espontânea, mas tão confiante quanto. Diante de seus olhos, sobre a mesa de […]

 
Ler mais →