Me escapam dois ou três vocábulos. o som emitido do tom de minhas silabas as vezes se perdem A entonação necessária não apaga a atitude incerta os emaranhados de palavras não corrigem o erro A valsa necessária, simples(mente) não existe mais tento desesperadamente enlouquecer Às vezes perco o comando e voar sem direção me faz […]

 
Ler mais →

Link do capítulo anterior – pulpstories.com.br/…/dancando-nas-trevas-do-fim-ao-comeco-5 VI HERDEIRO DE FORTUNA ASSASSINADO NA SAÍDA DA ESCOLA FAMÍLIA INCONSOLÁVEL   Dizia ali a manchete no bar. Que ia amarelando aos poucos.   Os cabelos dele, que de negros iam a raspados e agora eram apenas penugem, ajudavam a completar a imagem de bebê chorão. Junto com o nariz […]

 
Ler mais →