Link do capítulo anterior – pulpstories.com.br/…racao/conflagracao-13 XIV – Construção Havia um pequeno hospital na cidade. Num leito privativo, num quarto escuro e silencioso, o Professor dormia. Fora encontrado dias antes com ossos quebrados e vários sinais de abuso no corpo. Não havia como nem porque transferir um homem de sua idade para uma instalação maior. Ele […]

 
Ler mais →

Link do capítulo anterior – pulpstories.com.br/…racao/conflagracao-11 Link do capítulo seguinte: pulpstories.com.br/…racao/conflagracao-13   XII   Pedro terminou de ler a canção que compusera. Letra e música. Uma balada rock por ela. Se não podia te-la – e pelo visto não podia – teria aquilo.   Sua mente fantasiou que um dia aquela canção o faria famoso.   Então, […]

 
Ler mais →

Link do capítulo anterior – pulpstories.com.br/…racao/conflagracao-10 Link do capítulo seguinte – pulpstories.com.br/…racao/conflagracao-12 XI Como todos os jovens calados e que pensam demais, Pedro tinha dificuldades para se  relacionar com os de sua idade. Porque quando chega-se a certa fase da vida, e surgem urgências e fogo, a última coisa que se quer é pensar e o que  […]

 
Ler mais →

Link do capítulo anterior – pulpstories.com.br/…gracao/conflagracao-9 Link do capítulo seguinte – pulpstories.com.br/…racao/conflagracao-11 X – Confronto Tomás voltou para casa. Fizera o caminho que fazia ali várias vezes. Era cria da cidade. Nascido e crescido ali. Tivera sorte de conseguir a vaga de delegado, após o fim do curso, na cidade natal. Conhecia cada palmo daquelas ruas. Há […]

 
Ler mais →

Link do capítulo anterior – pulpstories.com.br/…gracao/conflagracao-8 Link do capítulo seguinte – pulpstories.com.br/…racao/conflagracao-10   IX – Preparação   O delegado, da janela, desengatilhou a arma, soltou a respiração e colocou-a no coldre.   As luzes estavam apagadas lá dentro e havia sombra sob aquela árvore lá embaixo, mas seus olhos eram treinados para esse tipo de situação.   […]

 
Ler mais →

Link do capítulo anterior – pulpstories.com.br/…gracao/conflagracao-7 Link do capítulo seguinte – pulpstories.com.br/…gracao/conflagracao-9 VIII – Eu vim para trazer presentes   Lúcia olhou-se no espelho.   Era difícil de acreditar o que um vestido e umas jóias podiam fazer.   O vestido era vermelho. E as joias haviam chegado junto com ele pelo correio. Ela colocara uma maquiagem […]

 
Ler mais →

Link do capítulo anterior – pulpstories.com.br/…gracao/conflagracao-6 Link do capítulo seguinte – pulpstories.com.br/…gracao/conflagracao-8 VII – Trocas   O local onde a mercadoria era entrega era um velho armazém fechado, na beira de uma estrada de chão, cuja placa anunciava a melhor linguiça e cortes de carne de porco da região.   Fazia mais  de  dez anos que ninguém […]

 
Ler mais →